O entupimento de algerozes ou caleiras é menos frequente do que o de outros utilitários domésticos. Mesmo assim, principalmente nas épocas do ano com maior pluviosidade, a sua manutenção é essencial para evitar constrangimentos severos na habitação.

Uma manutenção regular destas estruturas servirá para evitar infiltrações em paredes ou inundações em terraços e varandas, que podem surgir como resultado de entupimentos promovidos pela acumulação de resíduos vegetais (como ervas, folhas ou musgo), pelos dejetos de animais ou ainda pelo mais comum dos detritos: o calcário.

Os profissionais irão adequar o desentupimento à situação, sendo que o método mais usual para desentupir algerozes é o hidrojacto de alta pressão, sendo este a melhor alternativa para a remoção de calcário petrificado. Em algumas situações, ainda assim, quando o entupimento atinge maiores proporções, a resolução do entupimento pode tornar-se impossível, sendo necessária a substituição das tubagens, já que o uso de cabeças trituradoras ou a correntes aumenta severamente o risco de rutura dos canos.

Para saber em concreto qual a melhor forma de solucionar este tipo de problema, a melhor solução é a inspeção por vídeo com uma sonda localizadora, sendo que esta permite a identificação precisa do local onde se encontra a obstrução da rede e permite que as tubagens sejam substituídas apenas no ponto onde acontece o bloqueio.